Entre em contato conosco

Futebol Nacional

APESAR DO JOGO RUIM – CRUZEIRO 1 EMPATA COM O NÁUTICO 1 – JOGO VIOLENTO E BEM COMPETITIVO.

Published

em

Náutico x Cruzeiro
Compartilhe esta publicação

Náutico 1 x 1 Cruzeiro, no Estádio Eládio de Barros Carvalho Recife/ Pernambuco, pela 18° rodada do Brasileirão Serie B, partida realizada as 16:00 do dia 25 de outubro 2020, Náutico com uniforme (camisa co listas vermelhas e brancas, calção e meões brancos), o Cruzeiro com seu uniforme (camisa, calções e meões azuis, com o número rosa).

Cruzeiro agora comandado pelo Felipão, mesmo, teve tempo para trabalhar a parte tática e técnica com alguns dias a mais para treinar  ainda em  Atibaia / SP, contudo, creio que vai levar muito tempo e jogos devido o material humano (elenco) estar em uma fase muito ruim tecnicamente, mentalmente e até mesmo sem nenhum grande jogador, apesar de ter alguns nomes renomados, creio que o que irá pesar sem duvida nenhuma é o próprio Técnico Luiz Felipe Scolari.

1° Tempo – Repetindo o mesmo time do jogo passado, o Cruzeiro inicia o jogo com outra postura, ou seja, mais organizado agredindo mais o Náutico e conseguindo jogar de forma vertical, com boas jogados do N°. 07 Arthur Caíque (atacante pela direita), sendo auxiliado pelo N°. 10 Régis (Meia de armação) e pelo N°. 16 Jadson (meio campo avançado), contudo, a bola teimou em não entrar.

No entanto aos 21′ minutos o Náutico através de seu jogador de N°. 70 Vinicius, recebeu a bola pelo lado esquerdo do ataque do Cruzeiro caminhou alguns metros e chutou forte no canto direito do N°. 01 Fábio, que não conseguiu chegar na bola que veio rasteira em seu canto direito e Gol, Náutico 1 x 0 Cruzeiro 0.

A partir daí, o time do Cruzeiro sentiu muito o Gol tomado e também a saída do N°. 07 Arthur Caíque que sentiu uma lesão na coxa direita, entrando em seu lugar N°. 77 Aírton  aos 36′ minutos, apesar da grande entrega deste jogador, que foi o melhor em campo, o resto time voltou a jogar mal e sem trazer qualquer perigo ao Náutico que foi superior até o final desta etapa.

2° Tempo – Começou com duas Substituições no time o Cruzeiro, N°. 36 Matheus Pereira (lateral esquerdo) que saiu devido um entrada criminosa do Capitão do time do Náutico o N°. 23 Jorge Henrique no tornozelo esquerdo e a saída  do N°. 17 Marquinhos Gabriel (atacante pelo lado esquerdo) entrando o  N°. 99 Sássa (atacante).

Mesmo com as modificações o time do Náutico continuou melhor no jogo, mais organizado e fazendo as melhores jogadas, contudo, o jogo muito ruim, fraco e sem muitas emoções, apesar de melhor até os 76′ minutos mas sem conseguir finalizar de forma perfeita, que seria fazer mais um gol.

O melhor ficou para os 20′ minutos finais (com 05″minutos de acréscimo), o jogo se tornou mais interessante o cruzeiro tentando chegar através da dedicação e garra e o Náutico usando de contra ataques que obrigaram a defesas difíceis realizadas pelo N°. 01 Fábio (goleiro) e obrigando o N°. 14 Cacá (zagueiro) que tirou um bola em cima da linha da gol do cruzeiro, evitando gols feitos.

Então após um contra ataque aos 86′ minutos a bola foi passada pelo lado esquerdo do Cruzeiro chegando ao N°. 22 Patrick (lateral esquerdo) que lanchou para grande área de ataque do Náutico, vindo a Chegar ao N°. 77 Aírton que desviou a bola com uma bela cabeçada, indo morrer no lado esquerdo do goleiro N°. 01 Jefferson Gol, Náutico 1 x 1.

Analise do Jogo

Jogo muito ruim tecnicamente, com muitos erros de passes de ambas as equipes, poucas jogadas de ataque, pouca criatividade, contudo, podemos destacar a luta e empenho das duas equipes.

Mas o que destacou foi o jogo violento por parte do time do Náutico que bateu muito em qualquer parte do campo, com muitos cartões amarelos, além de um juiz fraco e muito confuso em suas marcações de faltas para manter as rédeas do jogo parando muito as ações, entretanto, sem usá-los da forma correta, porque houveram jogadas para expulsão de jogadores.

Creio que como disse anteriormente em outros textos, acho muito difícil a subida do Cruzeiro para Série A, mas já consigo ver mudança de comportamento por parte dos jogadores, o que poderá manter o Cruzeiro na Série B, transformação esta com a chegada do Felipão.

O próximo compromisso do Cruzeiro (17 pontos) ainda no Z4 – 18° lugar da Serie B e contra o Paraná (25 pontos) em 08, jogo este, que será realizado Mineirão as 21:30 hora na Sexta-feira dia 30/10/2020.

Compartilhe esta publicação
Continuar Lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Série B: Chape segue na liderança e Cruzeiro ganha fôlego com Felipão -

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *