Entre em contato conosco

Brasileirão

Conheça Joao Rojas, o jovem ponta equatoriano especulado no São Paulo

Published

em

apresentação rojas

Uma breve análise sobre o futebol de Joao Rojas, o camisa 10 do Emelec que vem sendo especulado no tricolor paulista

Compartilhe esta publicação

Recentemente, o jornalista equatoriano Wacho Sánchez relatou o possível interesse do São Paulo no jovem ponta equatoriano Joao Rojas, do Emelec. O jogador de apenas 22 anos tem na bagagem passagens pela seleção sub-20 do Equador e até mesmo duas convocações para a seleção principal. Apesar de também poder atuar de meia-atacante, Rojas costuma jogar pelas pontas, sobretudo na esquerda. Com a iminente saída de Antony, será que o equatoriano poderia ser um bom substituto? É o que você descobre ao longo dessa análise. 

Foto: Divulgação/Site Oficial do Emelec

Sobre o jogador

Vindo das categorias de base do Independiente Del Valle, Rojas apareceu para o futebol equatoriano atuando pelo Aucas, e não demorou muito para chamar a atenção do Emelec, que logo incorporou o jogador a seu elenco. O garoto foi ganhando espaço aos poucos e hoje é o jogador com maior valor de mercado da equipe, avaliado em 1,1 milhão de euros, de acordo com o Transfermarkt. Costumava atuar com a camisa 11, mas em 2020 foi presenteado com a 10 de Los Elétricos. Ao longo da carreira, o jovem ponta possui 146 jogos, 18 gols e 25 assistências. 

Estilo de Jogo

O atual camisa 10 do Emelec é daqueles jogadores agudos, que incomodam muito a defesa adversária. Extremo de muita velocidade e potência, Joao Rojas costuma participar muito das jogadas de ataque de sua equipe, sendo acionado com frequência pelas pontas a fim de utilizar sua explosão para explorar os espaços nas laterais do campo, tanto pela esquerda quanto pela direita. 

Além de rápido e explosivo, o equatoriano também é muito habilidoso e tem o improviso a seu favor, sendo capaz de deixar para trás seus marcadores com dribles desconcertantes. Mas se engana quem pensa que essa é a única forma que Rojas encontra para quebrar a marcação adversária: com um ótimo senso de posicionamento, o ponta costuma atacar os espaços vazios e sempre se encontra em boas condições para finalizar as jogadas, até mesmo pelo centro. 

E por falar em finalização, o jogador também não deixa muito a desejar nesse quesito. Os cruzeirenses devem se recordar do golaço de fora da área que o possível alvo do São Paulo fez em pleno Mineirão, na Libertadores do ano passado. Além da contribuição no ataque, o camisa 10 também é muito participativo na fase defensiva, marcando com muito ímpeto e exalando raça, algo que o torcedor são-paulino costuma valorizar muito. É aquele típico jogador de Libertadores, de muita intensidade, tanto no ataque quanto na defesa. 

Ressalvas

Apesar de ser um jogador interessante, o valor que o Emelec teria pedido, de 4 milhões de dólares (21,4 milhões de reais) poderia ser um grande entrave para que a negociação se suceda. A situação financeira do tricolor não é das melhores, e um gasto tão alto poderia ser muito prejudicial para o clube. 

Além disso, Joao Rojas jamais atuou fora do futebol equatoriano. Sendo assim, um período de adaptação seria necessário para que o ponta pudesse performar com a mesma qualidade que apresenta no campeonato de seu país,  certamente de um nível inferior ao brasileiro. 

Foto: Reprodução Expreso/Gerardo Menoscal

Encaixe na equipe de Fernando Diniz

Por ter características semelhantes às de Antony, não é absurdo imaginar que Joao Rojas poderia ser uma interessante adição ao elenco tricolor. Como é um jogador de muita movimentação, certamente agregaria muito ao esquema tático de Diniz, que exige bastante isso de seus comandados. Além disso, sua disposição na marcação poderia contribuir para a melhoria da recomposição defensiva da equipe são paulina. 

Oficialmente um ponta pela esquerda, traria para o setor a intensidade que falta a Vitor Bueno, mas como também sabe atuar pela direita, poderia ocupar o espaço que Antony deixará vago, já que o desempenho de seu homônimo ainda é uma incógnita após 2 anos sem entrar em campo. Mesmo que não seja utilizado na equipe titular, o jogador também poderia contribuir muito para o time entrando no segundo tempo, para explorar sua velocidade contra a já desgastada defesa adversária e “dar um gás” na partida.

O São Paulo carece de jogadores com as características de Rojas e, se conseguir chegar a um acordo dentro da realidade financeira do clube, definitivamente seria uma boa movimentação do tricolor paulista no mercado.

 

Quer saber mais sobre o São Paulo?! Clique aqui

Compartilhe esta publicação
Continuar Lendo
1 Comentário

1 Comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *