Entre em contato conosco

Luta

Deiveson mantém o cinturão e Charles Oliveira brilha no UFC 256

Published

em

https://www.ufc.com.br/news/confira-todos-os-resultados-do-ufc-256
Charles Oliveira domina Tony Ferguson no UFC 256. (Imagem: Reprodução/UFC.com)
Compartilhe esta publicação

Deiveson Figueiredo manteve o cinturão peso-mosca e Charles Do Bronx Oliveira fez grande luta no UFC 256

O UFC 256, realizado em Las Vegas, 12 de dezembro, marcou o último PPV do UFC no ano de 2020. Assim, o card estava recheado de brasileiros, sendo que tiveram atuações bem distintas. O primeiro brasileiro a entrar no octógono, ainda no card preliminar, foi Renato Moicano que acabou nocauteado por Rafael Fiziev, ainda no primeiro round do combate.

Além do mais no card  principal, os experientes Junior Cigano dos Santos e Ronaldo Jacaré. sofreram com adversários mais jovens e em ascensão nas respectivas categorias de peso. Sendo assim, Cigano, ex-campeão peso-pesado, foi nocauteado pelo francês Cyril Gane, considerado a maior promessa da divisão até  120kg  no UFC,  no segundo round com uma cotovelada polêmica. O golpe foi muito próximo da nuca do brasileiro que virava de costa, lembrando que é uma parte do corpo que não pode ser golpeada pelas regras do MMA, o que gerou diversos comentários pós luta. Ademais, entre os médios Jacaré foi nocauteado por Kevin Holland no primeiro round da luta. Além disso, entre as mulheres Mackenzie Dern e Virna Jandiroba travaram uma grande luta, sendo ambas originárias do jiu-jitsu. Assim, após três rounds de combate intenso, Dern levou a melhor na decisão unânime dos juízes.

Charles Do Bronx teve uma atuação brilhante no UFC 256

O brasileiro que mais se destacou no UFC 256, foi Charles Do Bronx Oliveira que derrotou o ex-campeão interino Tony Ferguson na decisão unânime dos juízes. Charles dominou os três rounds do combate com uma atuação impecável e quase finalizou o americano com uma chave de braço garantindo a sua  oitiva vitória em sequencia. Então Charles pode disputar em breve o cinturão peso-leve do UFC contra o vencedor de Conor McGregor vs Dustin Piorier que lutam em janeiro. Vale lembrar, que a categoria está sem campeão após a aposentadoria do russo Khabib Nurmagomedov.  

Na luta principal do UFC 256, 21 dias após lutarem no UFC 255, Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno retornaram ao cage do UFC. emtão, o brasileiro defendeu o cinturão contra o mexicano numa luta de cinco rounds que acabou em empate majoritário, um juiz deu a vitória para Deiveson e os outros dois deram empate. Assim, com o resultado o cinturão fica Deiveson Figueiredo. 

Confira os resultados do UFC 256:

Card principal

Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno foi declarada empate majoritário (48-47, 47-47, 47-47);

Charles do Bronx venceu Tony Ferguson por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-26);

Mackenzie Dern venceu Virna Jandiroba por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Kevin Holland venceu Ronaldo Jacaré por nocaute técnico a 1m45s do 1º round;

Ciryl Gane venceu Júnior Cigano por nocaute técnico aos 2m34s do 2º round.

Card preliminar

Cub Swanson venceu Daniel Pineda por nocaute a 1m52s do 2º round;

Rafael Fiziev venceu Renato Moicano por nocaute técnico aos 4m05s do 1º round;

Gavin Tucker venceu Billy Quarantillo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Tecia Torres venceu Sam Hughes por nocaute técnico ao final do 1º round;

Chase Hooper venceu Peter Barrett por finalização (chave de calcanhar) aos 3m02s do 3º round.

Compartilhe esta publicação