Entre em contato conosco

Estadual

São Paulo decepciona e é eliminado no Paulistão

Published

em

São Paulo é eliminado pelo Mirassol

Juventude, Penapolense, Colón, Defensa y Justicia e, agora, Mirassol. O São Paulo adiciona mais uma partida para a lista de vexames protagonizados nos últimos anos

Compartilhe esta publicação

Na noite desta quarta-feira (29), São Paulo e Mirassol abriram os jogos das quartas de final do Campeonato Paulista 2020. O time do interior vinha com muitos desfalques. Foram 18 jogadores do elenco, sendo 8 titulares. No entanto, mesmo assim, o Tricolor não conseguiu sair com o resultado e coloca mais uma partida na lista dos vexames recentes em pleno Morumbi. Apesar de ter relativo domínio da partida, a equipe de Fernando Diniz deixou muito a desejar na parte defensiva e deixou a vaga escapar.

Susto no início e reação do São Paulo

O Tricolor, jogando em casa, começou partindo para cima. No entanto, apesar de a equipe de Fernando Diniz manter a posse de bola, não conseguia superar a defesa bem postada do Mirassol. Num 4-4-2 bem definido, a equipe do interior dificultava muito a vida do ataque são-paulino. E além se defenderem bem, os visitantes ainda conseguiram abrir o placar. Aos 19 minutos, Zé Roberto aproveitou a falha de marcação do São Paulo no escanteio e apareceu como elemento surpresa para cabecear no fundo das redes de Tiago Volpi. E não parou por aí. Apesar de o time da casa dominar a posse no campo de ataque, o Leão ampliou a vantagem após um contra-ataque.

O São Paulo, vendo a vaga escapar de suas mãos, finalmente conseguiu reagir. Apenas três minutos após sofrer o gol, o Tricolor respondeu com Vitor Bueno, que carregou pela esquerda e encontrou Pablo na área. Este, assim, cabecou e aproveitou o rebote o goleiro para diminuir. O time do Morumbi ganhou fôlego e empatou somente um minuto depois. Logo após o lance anterior, Tchê Tchê lançou para Pablo que, de cabeça, ajeitou para Vitor Bueno acertar um chutaço e deixar tudo igual no marcador. E assim terminou a primeira etapa: 2 a 2 no placar.

São Paulo no tudo ou nada e mais uma decepção no Morumbi

Na segunda etapa, o cenário não mudou muito: um São Paulo ocupando o campo de defesa do adversário e buscando o gol. Apesar disso, não parecia ser o dia do Tricolor. A equipe conseguia criar boas jogadas e até levava perigo ao gol do advesário, mas quando as coisas não aconteciam como o esperado, o time começava a ficar ansioso. O reflexo disso foi o claro “tudo ou nada” de Fernando Diniz quando tirou Igor Gomes e Bruno Alves para promover as entradas de Hernanes e Éverton. Posteriormente, ainda recuou Reinaldo para a zaga e colocou Paulinho no lugar de Tchê Tchê para ir com tudo ao ataque.

No entanto, apesar de manter a posse no ataque, o São Paulo não conseguia penetrar na defesa do adversário e, conforme o tampo passava, o cenário ficava cada vez mais dramático. E a situação ficou ainda pior quando, após uma desatenção de Volpi com a zaga, a bola sobrou para Daniel Borges, que pegou de primeira e colocou o Mirassol na frente do placar mais uma vez. O Tricolor até tentou reagir, mas o resultado não mudou e a torcida tem que aturar mais um dos incontáveis vexames protagonizados pelo clube nos últimos anos.

E agora?

Após a heróica classificação, agora o Mirassol aguarda a definição de seu adversário para a semi-final. Enquanto isso, mais uma vez, o São Paulo tem que “recolher os cacos” e aproveitar o tempo para se preparar para a estréia do Campeonato Brasileiro. Em agosto, num domingo (9), o Tricolor irá até Goiânia para encarar o Goiás, no Serra Dourada às 16h (horário de Brasília).

Confira os melhores momentos da partida

Compartilhe esta publicação