Entre em contato conosco

Futebol Internacional

Zagueiro Argentino treinou mesmo infectado pelo novo coronavírus.

Published

em

Fernando Tobio, jogador que teve seu contrato rescindido pelo Toluca. Foto: Twitter @TolucaFC.

Fernando Tobio acusa o Toluca (MEX) de ter o feito ir treinar ainda infectado pelo novo coronavírus.

Compartilhe esta publicação

O zagueiro Fernando Tobio, que teve passagem breve pelo Brasil, defendendo as cores do Palmeiras, fez uma acusação de extrema gravidade ao seu último clube, o Deportivo Toluca (MEX). O Argentino afirma que foi obrigado a participar dos treinos da equipe, mesmo estando infectado pelo coronavírus. O Toluca por sua vez, decidiu por rescindir o contrato de Tobio, afirmando que a imagem do clube foi manchada após as acusações feitas pelo jogador.

Observação: Nunca é demais lembrar que, para volta de todos os campeonatos mundo afora, estão sendo exigidos diversos protocolos que garantam a segurança de jogadores e funcionários. Dentre eles, o isolamento de 14 dias para pacientes que tiverem seus diagnósticos como positivo para o vírus da Covid-19. O Campeonato Mexicano volta nesta sexta (24), com o duelo entre Club Necaxa X Tigres UANL.

Entendendo melhor o imbróglio entre Tobio e Toluca:

 

No dia 30 de junho, Tobio se sentiu mal, teve sintomas da Covid-19 e um teste foi realizado, no qual seu resultado afirmou que o argentino estava infectado pelo vírus. O jogador treinou no dia 1 de julho, e durante a noite soube do resultado, sendo assim, deveria ficar 14 dias em total isolamento. Acontece que no dia 6 de julho, o médico José Luis Serrano, além do diretor Jacobo Benozillo, pediram para que o zagueiro voltasse ao clube para treinar, uma atitude irresponsável, visto que o teste positivo do atleta havia saído há apenas 5 dias. O jogador treinou no dia 6 e 7 de julho, e no dia 8 se sentiu mal mais uma vez, e não foi ao treino. No dia seguinte, Tobio fez novo teste que desta vez atestou negativo para a Covid-19.

No dia 12 de julho, o defensor argentino agradeceu a todos que torceram pela sua recuperação, e afirmou em sua postagem que o Toluca o obrigou a treinar antes mesmo dos 14 dias de isolamento que deveria ter seguido.

Em postagem feita em sua rede social, o zagueiro afirma que foi obrigado a ir treinar mesmo sem cumprir os 14 dias de isolamento que lhe eram obrigatórios: Foto: Reprodução Instagram @Fernandotobio2

Em postagem feita em sua rede social, o zagueiro afirma que foi obrigado a ir treinar mesmo sem cumprir os 14 dias de isolamento que lhe eram obrigatórios: Foto: Reprodução Instagram @Fernandotobio2

Após ter seu contrato rescindido pelos Diablos Rojos, o zagueiro pretende processar a Federação Mexicana de Futebol (FMF), pedindo US$ 1,2 milhões  (aproximadamente R$ 6,4 milhões na cotação atual). O montante diz respeito ao valor que ele ganharia do Toluca até o fim de seu contrato, que se encerraria em 2021. Caso não ganhe a causa, o jogador pretende ir à FIFA. Os advogados do argentino argumentaram que o Toluca descumpriu medidas sanitárias impostas pelo governo, além de botar em risco a saúde de seus funcionários.

No Brasil, Fernando Tobio teve uma breve passagem, atuando pelo Palmeiras. Sem sucesso, foi repassado por empréstimo duas vezes, para Rosário Central e Boca Juniors. Em 2018, quebrou contrato com o Verdão para assinar com o clube mexicano.

Compartilhe esta publicação